Funsaúde participa até sábado, 19, da ExpoESP

17 de novembro de 2022 - 17:54

Assessoria de Comunicação da Funsaúde
Texto: Silvia Bessa

Profissionais, estudantes e gestores da área da saúde lotam salas, auditórios e galerias do Mezanino 2 do Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, onde de hoje, 17, até sábado, 19, acontece a ExpoESP. Em sua oitava edição, o evento realizado pela Escola de Saúde Pública Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE) tem como tema “Construindo um Sistema de Saúde Inteligente”. A Fundação Regional de Saúde (Funsaúde), que assim como a ESP é vinculada à Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), marca presença em alguns dos debates e apresenta durante os três dias suas ações e projetos em um estande.

Nesta quinta-feira, às 18 horas, o médico Manoel Pedro Guimarães, diretor-presidente da Funsaúde, irá compor o palco de honra da solenidade de abertura. Na sexta-feira, às 9 horas, a médica Melissa Medeiros, diretora de Pesquisa, Negócios e Inovação Tecnológica (DPNIT)  da Funsaúde, participa da roda de conversa Cenários de Práticas de Ensino na Rede Sesa, compartilhando experiências e reflexões sobre educação e saúde. Simultaneamente, em outra sala, a enfermeira Samila Torquato, coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento da DPNIT, integra a mesa do Encontro de Editores Científicos do Ceará.

Melissa Medeiros destaca a relevância da discussão sobre saúde e inovação – que se mostrou ainda mais urgente com a pandemia da Covid-19. Para ela, é preciso apostar no desenvolvimento de soluções, na integração dos sistemas e na alfabetização digital da população. A referência vem da Estônia, pequeno país do norte da Europa, onde 99% de todos os serviços governamentais são oferecidos online, 98% das prescrições médicas são emitidas digitalmente e 99% da população possui identificação eletrônica.

Na transição para um modelo de governança digital, Melissa explica que o Ceará pode ter a seu favor a qualidade da internet. É no litoral de Fortaleza que chega o primeiro cabo submarino de fibra óptica de alta capacidade que conecta diretamente o Brasil à Europa.

Serviços inteligentes, no entanto, não passam necessariamente por tecnologia de ponta. “Quando se fala em inovação, a gente pensa logo em hardwares. Mas inovar é trazer uma forma diferente de visualizar determinado processo, oferecer uma resposta melhor, mais adequada para a realidade”, afirma. Para conhecer melhor experiências e ferramentas disponíveis na área da saúde, Melissa convida gestores a visitarem o estande da Funsaúde na ExpoESP. “A gente sabe como é difícil estruturar alguns serviços, principalmente em relação à educação, tecnologia e inovação. Temos aqui vários produtos que foram desenvolvidos e podem ajudar na gestão – big data, dashboard, power bi, treinamentos, podem colaborar com os municípios do interior do Estado”, reforça.

 

 

Serviço

VIII ExpoESP
Quando: de 17 a 19 de novembro
Onde: Centro de Eventos do Ceará (avenida Washington Soares, 999, Edson Queiroz) – portão C, Mezanino 2