III Diabetes em Ação: HGF atende 250 pacientes em mutirão

14 de novembro de 2022 - 10:32 # # # # #

Assessoria de Comunicação do HGF
Texto e foto: Felipe Martins
Arte gráfica: Divulgação


O mês de novembro também fica azul para alertar sobre a importância da prevenção e do tratamento da diabetes. A doença, considerada uma das principais causas de cegueira do mundo, é a protagonista do Diabetes em Ação, projeto que ocorrerá nos próximos dias 18 e 19 de novembro, sob realização do serviço de Oftalmologia do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), unidade da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) gerida pela Fundação Regional de Saúde (Funsaúde Ceará).

Em sua terceira edição, a iniciativa realiza um mutirão de exames, procedimentos de tratamento e orientações sobre a doença. Em dois dias de atendimento, a equipe receberá 250 pacientes pré-agendados. Desses, cem farão o exame de fundo de olho, que mapeia a retina e identifica casos de retinopatia diabética – lesão na retina causada pela diabetes e responsável pela cegueira. As outras 150 pessoas já são diagnosticadas com a enfermidade em estado avançado.

“O grande problema é que o paciente com diabetes começa a sofrer essa alteração na retina e não percebe”, explica o chefe do serviço de Oftalmologia do HGF, Felipe Carvalho. “Por isso, é tão importante a realização desse exame, para que possamos ter um diagnóstico precoce e mais possibilidades de tratamento”.


Pacientes com retinopatia diabética passarão por tratamento de fotocoagulação a laser

Um dos principais tratamentos da retinopatia diabética – a ser oferecida aos pacientes durante a ação – é a fotocoagulação a laser, procedimento simples e indolor para reduzir o crescimento de vasos sanguíneos prejudicados pela diabetes, evitando os sangramentos que causam danos à visão.

Avaliação multidisciplinar

Os pacientes atendidos pela iniciativa também passarão por avaliações de pé diabético (serviço de Estomaterapia), endocrinológica e nutricional. “O hábito de se alimentar de forma saudável melhora muito o controle do diabetes porque proporciona valores de glicemia adequados e diminui o risco do aparecimento de complicações”, reforça a responsável técnica do serviço de Nutrição do HGF, Lúcia Côrtes.

Parceria com sociedade civil e empresa privada

Para complementar o atendimento nutricional, os pacientes com retinopatia diabética receberão uma cesta básica com produtos estrategicamente escolhidos para consumo por pessoas com diabetes. A doação é do Instituto Rotary Club de Fortaleza Alagadiço.

Participam também da ação a Sociedade Cearense de Oftalmologia (SCO), a Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo (SBRV), a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), a Associação Brasileira de Estomaterapia (Sobest) e a empresa Bayer. No HGF, contribuem os serviços de Endocrinologia, Nutrição e Estomaterapia.